faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Descubra tudo que aconteceu na maior edição da Hospitalar da história

Article-Descubra tudo que aconteceu na maior edição da Hospitalar da história

hospitalar-maior-edicao-da-historia.png
A Hospitalar 2024 foi a maior edição da sua história, e colocou em tema, no principal encontro de líderes e profissionais de saúde da América Latina, pauta como inteligência artificial, aplicação dos conceitos de ESG na cadeia de saúde e infraestrutura hospitalar. Confira!

Terminou no dia 24 de maio a 29ª edição da Hospitalar, o mais importante evento de saúde e a principal plataforma de geração de negócios e networking do setor na América Latina. Realizada no São Paulo Expo, na capital paulista, a edição envolveu todos os setores da cadeia produtiva, conectou os principais players da saúde e promoveu uma experiência completa para a saúde pública e privada no país.  

Como foi a Hospitalar 2024?

Com mais 80 mil profissionais e um público altamente qualificado, a Hospitalar 2024 proporcionou aos participantes 30 eventos simultâneos, cinco congressos, - um a mais do que no ano passado -, um simpósio e 3 arenas de conteúdo, incluindo 800 palestrantes nacionais e internacionais e mais de 300 temas. Foram contabilizadas 240 horas de conteúdo. 

O principal encontro de líderes e profissionais de saúde da América Latina trouxe à tona temas como inteligência artificial e a aplicação dos conceitos de ESG na cadeia de saúde

Em um espaço de mais de 100 mil m², 1.200 marcas expositoras de 30 países apresentaram inovações em produtos e serviços, divididas em oito setores: Equipamentos, Tecnologia, Facilities, Reabilitação e Ortopedia, Pavilhão Internacional, Consumíveis e Dispositivos Médicos, Diagnósticos e Laboratórios, Resgate e Remoção. 

“A Hospitalar está presente no setor há mais de três décadas, tornando-se um evento obrigatório para todos os players da cadeia de saúde, criando oportunidades de bons negócios, conectando o mercado e compartilhando conteúdo e discussões que movem o nosso segmento”, comemora a Dra. Waleska Santos, presidente e fundadora da Hospitalar. 

Leia mais: Hospitalar 2024: Painel da ABRAVA fala sobre qualidade do ar em ambientes de saúde

Cuidar e Reconstruir: Mobilização do Setor Saúde pelo RS 

Durante o evento, a Hospitalar lançou, em parceria com a Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Serviços de Saúde, a campanha “Cuidar e Reconstruir: Mobilização do Setor Saúde pelo RS”, com o objetivo de arrecadar doações de insumos, equipamentos e mobiliários hospitalares para hospitais gaúchos afetados por enchentes.

O Pregão da Saúde divulgou diariamente as doações, e parte da receita obtida com a venda de ingressos foi revertida para as vítimas das enchentes. “A campanha continua e já arrecadou medicamentos, máscaras e luvas, agulhas, conectores, camas, consultas de engenharia clínica, kits de exames, aspiradores cirúrgicos, monitores, painéis de LED, entre outros”, explica Juliana Vicente, head do portfólio de saúde da Informa Markets Latam, organizadora da feira. 

Com a presença do prefeito Ricardo Nunes, a 29ª Hospitalar Feira e Fórum contou com a participação de mais de 20 autoridades, incluindo o secretário de Atenção Especializada em Saúde, Adriano Massuda, o secretário municipal de Saúde de São Paulo, Luiz Carlos Zamarco, e o deputado federal Pedro Westphalen. Representantes de agências reguladoras e das principais entidades de classe do setor de saúde também estiveram presentes. Todos foram recepcionados por Waleska Santos e Marco Basso, presidente da Informa Markets Latam. 

Premiação de Personalidade do Ano 

Por sua contribuição à Oncologia, o médico Paulo Hoff foi homenageado com o Prêmio Hospitalar 2024 - Personalidade do Ano. Respeitado dentro e fora do Brasil, Hoff é presidente da Oncologia D’Or, professor titular da Disciplina de Oncologia Clínica, do Departamento de Radiologia e Oncologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), membro pregresso do Conselho Diretor da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (ASCO) e ex-presidente da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC).

Emocionado, Hoff disse que recebia o prêmio com “muita satisfação e alegria”, agradecendo sua equipe pela colaboração.  

Veja também: Hospitalar 2024: ABIMO movimentou R$ 7,8 milhões em negócios

Programa Betters Stands 

A Informa Markets reforçou seu compromisso com a sustentabilidade através do programa Better Stands, visando alcançar o desperdício zero dos estandes até 2030. As empresas participantes foram avaliadas in loco durante os dias de montagem e desmontagem e classificadas em níveis Bronze, Prata e Ouro, de acordo com o grau de reutilização dos estandes. 

Congressos 

A programação incluiu cinco congressos oficiais focados em áreas importantes do setor de saúde: 

  • CISS (Congresso Internacional de Serviços de Saúde);
  • H&F (Congresso de Hotelaria e Facilities);
  • FDHIC (Future Digital Health International Congress);
  • CAD (Congresso de Atenção Domiciliar e Cuidados de Transição);
  • CR (Congresso de Reabilitação).

Leia também: Futuro dos Sistemas de Saúde: Especialistas discutem na Hospitar 2024

FDHIC 

O FDHIC - Future Digital Health International Congress reuniu 60 palestrantes brasileiros e estrangeiros em 36 conferências para debater o impacto da inteligência artificial generativa (GenAI) na saúde, que se transformou em um novo marco no desenvolvimento tecnológico nas cadeias de serviço.  Segundo o coordenador científico do congresso Guilherme Hummel, as “as GenAIs são responsáveis pela maior revolução civilizatória da humanidade, porque significam a imersão em um novo tempo da tecnologia”. 

Cada dia do “GenAI Brasil 2024” foi focado em um usuário da inteligência artificial generativa: o paciente, os provedores e fontes pagadoras, a Medicina Diagnóstica, o setor público e a academia.

O encontro apresentou cases de sucesso e abordou aspectos éticos, bioéticos e de privacidade da GenAI, além de seus desafios e limitações. Mostrou como a tecnologia pode revolucionar a medicina de precisão ao oferecer diagnósticos e tratamentos mais adequados a cada paciente. Ademais, destacou a importância da colaboração da comunidade global para o desenvolvimento de pesquisas e o compartilhamento de informações e experiências.  

Ao final do FDHIC, Guilherme Hummel avaliou que, em geral, o otimismo dos convidados do evento ficou claro. “Cada um enalteceu sua euforia com relação ao futuro das GenAIs. Trata-se de uma nova era que está chegando, atingindo em cheio o sistema produtivo da civilização humana”, concluiu.  

H&F

O H&F - Congresso de Hotelaria e Facilities deu enfoque especial à aplicação do conceito de governança ambiental, social e corporativa (ESG) no segmento. Sob o tema “Da infraestrutura à jornada do paciente”, palestras, mesas-redondas e estudo de casos abordaram temas como a economia de recursos hídricos e energéticos nos edifícios hospitalares, o gerenciamento de resíduos sólidos e a economia circular, as novas tecnologias para redução de consumo em processamento de roupas e cases de inovação nas práticas sustentáveis nas áreas de apoio.  

O encontro abordou quatro grandes eixos: infraestrutura, comportamento e sustentabilidade, inovação e cliente.

O primeiro tratou da importância da padronização da infraestrutura na era da expansão.  A segunda destacou iniciativas de hospitais que visam ao cultivo de hortas próprias e à compra de alimentos de pequenos produtores rurais. O eixo de inovação apresentou cases de sucesso sobre o uso de armário inteligente de uniforme e o controle de desempenho de facilities por meio da internet das coisas (IoT). O último revelou o impacto da Net Promoter Score (NPS), metodologia de satisfação do cliente, e os gargalos do check-in e check-out.  

“Contamos com 27 experientes gestores, que nos brindaram com importantes iniciativas em tecnologia para os serviços de facilities e na gestão da experiência do cliente em todo fluxo”, disse o coordenador científico Marcelo Boeger.  

CISS

Sob o tema “O Impacto Prático Assistencial e Estratégico das Tecnologias nos Sistemas de Saúde Nacionais e Globais”, o CISS - Congresso Internacional de Serviços em Saúde discutiu o potencial transformador desses avanços em várias áreas do setor, como os serviços de caráter clínico-assistencial, medicina diagnóstica, educação médica, treinamento de lideranças, programas de pesquisa e desenvolvimento de ferramentas.   

O gerente geral da empresa espanhola Transmural Biotech, David Fernandes Rodriguez, abordou soluções digitais que usam inteligência artificial e algoritmos como base preditiva para diagnósticos médicos. O CEO da ISQua, Carsten Engel, discutiu os marcos regulatórios e as metodologias de acreditação na transformação digital da saúde. A presidente eleita da ISQua, Ellen Joan van Vilet, mostrou o papel da acreditação na criação de padrões e melhores práticas na assistência em saúde e na segurança de dados operacionais.  

“Com uma sequência perfeita de palestras e mesas-redondas, o CISS surpreendeu por sua qualidade técnica. Terminamos os dois dias do congresso com excelentes resultados e participantes e palestrantes satisfeitos. Realizamos um evento à altura da Hospitalar e do CISS”, comemorou o coordenador científico Fábio Gastal.  

Confira: Startup maranhense ajuda a reduzir filas do SUS e cortar custos em até 50%

CAD

O CAD - Congresso de Atenção Domiciliar mostrou como a inteligência artificial vai chegar até a atenção domiciliar sem perder a humanização. Segundo a presidente do Encosad (Encontro Nacional de Serviços de Atenção Domiciliar), Cláudia Pedrosa, o encontro revelou como essa tecnologia será utilizada para customizar o setor, com sustentabilidade financeira. 

A utilização de dados e algoritmos é uma prática comum na área de saúde, mas no atendimento domiciliar esse procedimento pode se tornar um instrumento de prevenção no cuidado aos pacientes. Na visão da gerente da ProCare Saúde e coordenadora de conteúdo do CAD, Vivian Coutinho, a inteligência artificial permitirá ao serviço de home care ter um trabalho preditivo.

Os palestrantes trataram da eficiência operacional, da logística, da gestão de estoque de suprimentos, da diversificação dos serviços, e da captação e gestão de recursos do setor.  

“O CAD foi um grande sucesso! O congresso reuniu líderes e especialistas do setor, que falaram sobre os principais desafios e oportunidades da atenção domiciliar, tendo-se destacado pela profundidade das discussões e a expertise dos convidados”, disse Cláudia Pedrosa. 

CR 

O Congresso de Reabilitação abordou os desafios da qualidade do cuidado às condições crônicas de saúde, apresentando novas tecnologias que viabilizam o diagnóstico estrutural e funcional. Sob o tema "Um Olhar para o Diagnóstico", o encontro debateu indicações inovadoras e apresentou os novos protocolos, diagnósticos e abordagens terapêuticas em diferentes áreas.

Segundo a coordenadora científica do congresso, a professora Linamara Rizzo Battistella, as questões que envolvem a funcionalidade nas condições crônicas de saúde, estão conectadas com o acesso às tecnologias assistivas.  

O evento investigou o impacto da sarcopenia sobre o sistema osteoarticular, as alterações respiratórias, o risco cardiovascular, as lesões encefálicas e o pós-covid. Também abordou o tratamento da dor incapacitante da osteoartrose do joelho, as vantagens da estimulação elétrica funcional e o uso da terapia fotônica na reabilitação.

A programação também teve palestras sobre os grandes desafios das amputações no País e as novas tecnologias para o atendimento dos amputados e o modelo de financiamento pelo sistema de saúde pública e suplementar. 

Saiba mais: Projeto Impacto-MR: pesquisas para reduzir bactérias multirresistentes em UTIs

Arenas de conteúdo

Nesta edição, três espaços foram dedicados às áreas de Engenharia Clínica, Indústria e Distribuidores e Hospitalar Hub. Todos os visitantes do evento puderam acessar as arenas. 

Na Arena Hospitalar Hub, em cada dia, um parceiro foi responsável pela curadoria do conteúdo, promovendo uma experiência única para os participantes. Os parceiros foram o Encontro Nacional de Serviços de Atenção Domiciliar (Enconsad), o Sindicato dos Hospitais e Clínicas e Laboratórios do Estado de São Paulo (Sindhosp), o Colégio Brasileiro de Executivos de Saúde (CBEX) e a Associação Brasileira CIO Saúde (ABCIS). 

A Arena Engenharia Clínica explorou diversos tópicos relacionados à área. Os palestrantes compartilharam suas experiências e seus insights sobre as melhores práticas para assegurar que os equipamentos médicos operem de forma eficaz e segura, contribuindo para a qualidade e continuidade dos cuidados de saúde. 

Já a Arena Indústria e Distribuidores ofereceu uma visão abrangente do mercado de dispositivos médicos, de oportunidades de negócios e de estratégias para alcançar o sucesso nesse setor em constante evolução. O evento foi o ponto de encontro para profissionais da indústria de dispositivos médicos, distribuidores, fabricantes, representantes comerciais e todos os interessados na comercialização e distribuição de produtos de saúde.  

1º Simpósio de Infraestrutura

Pela primeira vez em sua história, a Hospitalar realizou o Simpósio de Infraestrutura, organizado pelo superintendente executivo de Engenharia e Real Estate do HCOR, Walmor Brambilla. Com uma abordagem centrada na inovação e eficiência, o encontro abordou uma variedade de tópicos cruciais, incluindo oportunidades de melhoria de eficiência, gestão de risco em infraestrutura e apresentação de cases práticos dos melhores hospitais do país, entre eles O Einstein e o Sírio Libanês. O evento não apenas proporcionou a troca de experiências e debates, mas também destacou as oportunidades de aprimoramento nos processos de gestão de projetos e obras.  

Veja também: A tecnologia como chave para a democratização da saúde

Novidades 

No espaço Plaza Hospitalar, outra novidade da feira esse ano, foi montada a UTI Conectada com IA em tempo real, com paciente monitorado remotamente - CloudSaúde, B.braun, Getinge e Linet. A multinacional Brainlab lançou um sistema de tomografia digital intraoperatória por "cone-beam CT" (CBCT), que oferece imagens de alta qualidade durante a cirurgia, podendo ser usado para neurocirurgia de base de crânio e funcional, cirurgia de coluna, bucomaxilofacial, ortopedia e trauma, e outros procedimentos. Proporciona imagens de raio-X, em 2D e 3D, em tempo real.  

O Grupo Pulsati mostrou como a inteligência artificial está revolucionando o tratamento de feridas. O produto realiza pré-avaliações precisas de lesões, registra a evolução do tratamento e oferece suporte essencial na tomada de decisões clínicas. Por iniciativa do Hospital Sabará e do Hospital Pequeno Príncipe, a Tuinda Care apresentou o TytoCare, que realiza oito exames físicos, como ausculta cardíaca, pulmonar e abdominal, otoscopia e oroscopia, sem internet.  

A Hospitalar conta com o patrocínio institucional da Confederação Nacional de Saúde (CNSaúde); Federação Nacional dos Estabelecimentos de Saúde (FENAESS); Sindicato dos Hospitais do Estado de São Paulo (SINDHOSP); Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp) e Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Produtos para Saúde (ABIMED), Associação Brasileira da Indústria de Dispositivos Médicos (ABIMO), além de mais de 30 apoiadores.

Fique sabendo de tudo que aconteceu no principal evento de saúde da América Latina com Saúde Business!