faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Telemedicina do Einstein chegará a 77 unidades marítimas e terrestres da Petrobras

Crédito: Reprodução/Petrobrás Petrobrás.png
Implantado inicialmente de forma piloto, em 2014, e agora em expansão, serviço dá assistência remota à população embarcada em unidades offshore, com uso de recursos avançados no atendimento de urgência e emergência em saúde.

O Einstein e a Petrobras expandem, a partir deste mês, a iniciativa de teleatendimentos oferecida a trabalhadores das unidades marítimas e terrestres da companhia. A empresa já atendia, desde 2014, colaboradores em sete plataformas da Bacia de Santos. Agora, o serviço chegará a 77 unidades, sendo 55 offshores e 22 onshores.

A disponibilização da telemedicina visa oferecer um primeiro atendimento ágil aos funcionários, realizado pelas equipes de Enfermagem da Petrobras, sob supervisão médica do Einstein, o que reduz a possibilidade de que eles desenvolvam outras complicações de saúde. Desde o início da atuação do Einstein em 2014 nessas primeiras sete plataformas, houve resolução dos casos atendidos de forma remota, sem relatos de agravamento -- o que mostra a importância da iniciativa conjunta.

Agora, com a expansão do serviço, além do atendimento por telemedicina, estão previstos: teleatendimento médico especializado, incluindo áreas da medicina e odontologia; serviço de telessaúde para atendimento psicossocial remoto, atendido por meio de um plantão de suporte psicológico, além de atendimento psicossocial para intervenção coletiva como situações de emergência e urgência nas instalações da Petrobras; e recursos de equipamentos e software para registro dos atendimentos.

Capacitação

O Einstein também fará treinamento de profissionais de saúde que atuam em urgência e emergência nas instalações da Petrobras, por meio do uso de tecnologias de educação a distância. As capacitações usarão ferramentas de tele-educação síncrona e assíncrona -- ao vivo ou gravadas, respectivamente -- e um painel de gestão de dados para que a equipe de saúde e gestores da companhia possam acompanhar indicadores por meio de dashboard e relatórios.

“A telemedicina Einstein existe há 10 anos e, durante essa trajetória, levamos conhecimento a profissionais alocados em centros de saúde em áreas remotas e quebramos barreiras logísticas, conectando especialistas em lugares afastados, como as plataformas de petróleo. Mas, sobretudo, oferecemos acesso à saúde de qualidade de forma rápida e eficaz”, afirma Dr. Sidney Klajner, presidente do Einstein. Ainda, segundo ele, desde 2012, a telemedicina vem evoluindo a passos largos. “São tecnologias que usam inteligência artificial, data analytics e, em breve, se valerão do advento do 5G para permitir melhor interação entre médico e paciente. Também possibilitam a redução de custos operacionais, por exemplo, de infraestrutura física e deslocamento”, completa.

A partir do primeiro dia de iniciativa, uma equipe composta por mais de 70 profissionais -- entre liderança da área, médicos especialistas em medicina interna, suporte avançado de vida cardiovascular e suporte avançado de vida em trauma, especialistas médicos, enfermeiros, psicólogos, analistas de sistemas e suporte técnico -- estará à disposição 24 horas por dia, nos sete dias da semana. A escalabilidade cresce à medida em que os 77 ambientes forem sendo ativados.

Todo o projeto de teleatendimento é organizado em conjunto com a Petrobras, desde o fluxo dos pacientes, registro médico e de enfermagem, instalação e manutenção de equipamentos para atendimentos e sistema para registro de informações. O contrato prevê, inicialmente, a prestação do serviço por mil dias.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar