faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Hospital Dia se torna uma tendência para clínicas

hospital dia.jpg
Éber Feltrim, CEO da SIS Consultoria, revela as principais características dessa nova metodologia implementada para pequenos períodos de internação

Está crescendo ao redor do mundo o movimento de estabelecimentos chamados de ‘Hospital Dia’, uma modalidade de atendimento médico para pacientes que precisam passar até 12 horas sendo monitorados, seja por exames ou procedimentos simples, que necessitam de um pequeno período de internação e observação.  Por esse motivo, o número de clínicas que querem operar dentro deste formato tem aumentado exponencialmente.

Éber Feltrim, especialista e consultor de negócios para a área da saúde/DivulgaçãoÉber Feltrim, especialista e consultor de negócios para a área da saúde e CEO da SIS consultoria

Éber Feltrim, especialista e consultor de negócios para a área da saúde e CEO da SIS Consultoria, relata que esse tipo de atendimento é uma grande evolução na área hospitalar. “O tempo das pessoas está cada vez mais concorrido. Elas não querem mais fazer procedimentos que, teoricamente, são simples, mas demoram dias para serem executados em uma clínica comum. É uma revolução, que facilita não só a vida do paciente, mas também dos médicos e de sua equipe, otimizando o tempo de todos. Além disso, o risco de infecção cai drasticamente”, revela.

Os Hospitais Dia fazem procedimentos específicos, e praticamente toda a tecnologia e equipamentos necessários estão disponíveis internamente, o que agiliza esses procedimentos e reduz os custos nessas enfermarias.

Com essa tendência cada vez mais clara, várias clínicas querem adequar o seu modo de atendimento para essa nova modalidade, mas o consultor alerta que é necessário buscar conhecimento na categoria antes de praticar essa mudança. “É fundamental que os gestores entendam se de fato existe algum procedimento que pode ser aplicado dessa forma em suas clínicas. O atendimento e vantagens que os pacientes têm são completamente diferentes de um hospital comum, tendo em vista que os procedimentos e a recuperação devem durar no máximo 12 horas”, pontua.

Nesse ponto, Feltrim explica que os Hospitais Dia se diferenciam também pela maneira que os pacientes se sentem no ambiente, uma vez que todo o espaço é moldado para aqueles procedimentos específicos realizados ali. “O layout é completamente personalizado para essa finalidade. Isso faz com que exista um volume menor de pessoas circulando em relação a uma clínica de atendimento e consultas, o que dá ao paciente uma percepção de mais exclusividade”, revela.

Além disso, clínicas odontológicas também têm adentrado nesse universo, oferecendo aos seus clientes todo o suporte necessário após uma cirurgia dentária, como implantes e extrações.

Com esse crescimento, o especialista relata que pacientes que residem em cidades que não possuem esse tipo de atendimento se surpreendem ao buscar um Hospital Dia em uma cidade vizinha. “Várias pessoas conhecem essa nova metodologia e se surpreendem, muitas vezes se tornando clientes fiéis, tendo em vista que na maioria dos casos eles saem pela manhã e voltam para suas casas no mesmo dia”, finaliza.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar